Secretário de Estado de Trump revisará retirada de Cuba da lista de terrorismo


Rex Tillerson, nomeado por Donald Trump para dirigir o departamento americano de Estado, disse nesta quarta-feira que analisará a exclusão de Cuba da lista de países que apoiam o terrorismo, e criticou a aproximação diplomática entre Washington e Havana. "Gostaria de examinar o critério pelo qual Cuba foi retirada da lista de Nações que apoiam o terrorismo, ver se esta exclusão foi apropriada e se as circunstâncias que permitiram esta decisão ainda existem", declarou Tillerson no Congresso. Em audiência na Comissão de Assuntos Externos do Senado, Tillerson também se expressou a favor de que Trump vete qualquer lei que implique na suspensão do embargo americano a Cuba. O departamento de Estado também retirou Cuba da lista de "estados promotores do terrorismo", na qual a Ilha figurava desde 1982 por seu suposto apoio à organização separatista Basca ETA e às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). Segundo Tillersong, "nosso recente acordo com o governo de Cuba não foi acompanhado por qualquer concessão importante na área dos direitos humanos...".


Source:   Zero Hora
January 11, 2017 22:13 UTC






Loading...


Trending Today






Loading...