Justiça bloqueia R$ 5,4 milhões de seita acusada de trabalho escravo - News Summed Up

Justiça bloqueia R$ 5,4 milhões de seita acusada de trabalho escravo


CB/D.A Press) A Igreja Adventista Remanescente de Laodiceia, seita religiosa acusada de manter jovens em cárcere privado e explorar mão de obra em regime escravo (inclusive de menores de idade), teve os bens bloqueados para movimentação pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) — um total de R$ 5,4 milhões —. O conglomerado faz o sustento da congregação, com a impressão de livros, panfletos e outros materiais de cunho religioso, assim como a produção de pães e bolos vendidos pelos trabalhadores. A reportagem procurou a defesa da Igreja Adventista Remanescente de Laodiceia, mas, até a última atualização, não conseguiu contato. Nesse período, em 2014, a obreira foi acusada de trabalho escravo e infantil pelo Ministério Público do Trabalho de Mato Grosso. O juiz José Roberto Gomes, da 4ª Vara do Trabalho de Cuiabá, condenou os réus ao pagamento de R$ 100 mil em indenizações.


Source: Correio Braziliense March 15, 2019 02:03 UTC



Loading...

Loading...