Alíquota progressiva é o ponto que mais incomoda o funcionalismo - News Summed Up

Alíquota progressiva é o ponto que mais incomoda o funcionalismo


Também ajuda no discurso de corte de privilégios o fato de que a proposta inclui os servidores federais, estaduais e municipais. O ponto mais questionado não é nem a idade mínima para aposentadoria, que passará a ser de 65 anos para homens e 62 para mulheres, com 25 anos de contribuição. Afinal, hoje os servidores já têm corte de idade de 65/60 (homens/mulheres), além da exigência de 35/30 anos de serviço, respectivamente. Para os que ganham na faixa entre o teto do INSS e o do funcionalismo, a alíquota máxima efetiva será de 16,79%. “Ao contrário do que se dizia por aí, de que o pobre vai penar, quando você tem uma alíquota sobre salários de R$ 30 mil, você não está falando de rico e, sim, de classe média.


Source: Correio Braziliense February 22, 2019 09:00 UTC



Loading...

Loading...