Artistas reclamam de falta de diálogo sobre pichações e grafite

SÃO PAULO - Diante das ações do prefeito João Doria contra pichações e grafites, artistas e especialistas questionam a falta de diálogo com a Prefeitura. Para eles, as manifestações de arte urbana são patrimônio cultural que deve ser preservado na cidade. Amaral foi um dos curadores do corredor de arte urbana da Avenida 23 de Maio. Temos de entender a arte urbana como patrimônio. Grafite: São inscrições e desenhos sobre muros e paredes da cidade com caráter transgressor.

January 23, 2017 07:13 UTC

Desemprego ampliado no Brasil é de 21,2%, quase o dobro da taxa oficial

A deterioração do mercado de trabalho no Brasil é muito mais profunda do que indicam as pesquisas tradicionais. De acordo com os dados mais recentes, do terceiro trimestre de 2016, a taxa de desemprego ampliada do Brasil bateu em 21,2% – quase o dobro do desemprego oficial, que nesse período alcançou 11,8%. Numa comparação internacional, a taxa de desemprego ampliado do Brasil está bem acima da média dos países analisados, que é de 16,1%. O paulistano Tiago de Oliveira Souza, 32 anos, é um exemplo da sutileza da nova estatística. “O que importa é que haja padronização”, diz Firpo.

January 23, 2017 07:12 UTC

Com dez feriadões, ano exigirá mais planejamento do turista

SÃO PAULO - Com dez feriadões prolongados, o ano de 2017 terá 22 dias de folga. Para o turista que deseja viajar pelo Brasil ou para o exterior, a preocupação com destino e hospedagem não pode ignorar o planejamento das finanças. O desafio para o turista é prever, no momento em que está tomando a decisão de compra, se o câmbio está no nível mais favorável. Santos explica que o comportamento natural das pessoas, em tempos de economia mais instável é adiar as decisões, o que é desaconselhado. Já o dólar turismo, usado nas viagens internacionais, é mais caro porque tem incidência de imposto e margem de lucro da casa de câmbio.

January 23, 2017 07:12 UTC

Ministros do STF divergem sobre escolha de relator

Enquanto a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, não se manifesta sobre quem vai assumir a relatoria da Operação Lava Jato, ministros da Corte ouvidos pelo Estado divergem sobre como a escolha deveria ser feita. Em caráter reservado, ministros defendem que os processos sejam remetidos a um dos integrantes da Segunda Turma da Corte – da qual Teori fazia parte. Em segundo, os ministros acreditam que não faz parte do perfil da presidente do Supremo tomar uma decisão desse nível sozinha. Os ministros estão prontos para iniciar a discussão interna. Cármen também não acompanhou os ministros em almoços após o velório.

January 23, 2017 07:11 UTC

Para amigos, Cármen Lúcia não tem perfil político

A atuação da ministra tem feito surgir rumores sobre quais voos ela ainda poderá alçar nesse ambiente político incerto e movediço. Durante o julgamento do mensalão, o nome do ex-ministro do STF Joaquim Barbosa foi muitas vezes mencionado como um possível postulante ao cargo. Colegas e professores do período acadêmico de Cármen Lúcia não apontam nenhum tipo de militância política da ministra durante sua juventude ou início de carreira. Ex-chefe da Casa Civil de Itamar Franco, Henrique Hargreaves afirmou que “em nenhum momento Cármen Lúcia teve participação política” e que isso não seria do seu perfil. O desembargador do TJ-RJ, Luiz Fernando Ribeiro de Carvalho, amigo da ministra também segue a mesma linha.

January 23, 2017 07:11 UTC



A Cármen o que é de Cármen

Os ministros do Supremo Tribunal Federal acreditam que, ainda que consulte o colegiado ou um a um, reservadamente, sobre o critério a adotar para designar o novo relator da Lava Jato na Corte, Cármen Lúcia decidirá sozinha que caminho seguir entre os vários previstos pelo regimento interno. A presidente do STF ainda não conversou com os colegas sobre as opções, mas já avisou que começará a chamá-los ainda nesta semana. “Ele pode, como revisor, dar alguma decisão em caráter emergencial enquanto o relator não for designado. Ainda falta definir questões de planejamento e inteligência para que detalhes da operação não vazem para as facções criminosas. Pesquisas mostram que a medida é a mais popular do governo Temer até aqui.

January 23, 2017 07:09 UTC

Mesmo endividado, trabalhador vai sacar FGTS para investir, diz pesquisa

Porém, o dinheiro que antes estava fora dos planos agora já tem destino certo para uma parcela dos brasileiros. “Mesmo no Tesouro Direto, em que é possível ter rentabilidade em torno de 1% ao mês, não compensaria”, diz. Com folga financeira, o economista Carlos Miranda, 26 anos, pretende usar parte do saldo do FGTS para viajar nas férias. Para quem precisa dos recursos do FGTS com urgência, é possível antecipar o recebimento com bancos, porém é preciso fazer conta para evitar um mau negócio. A liquidação é feita em uma única parcela, descontada no mês do aniversário do cliente”, diz o superintendente do banco, Geraldo Rodrigues.

January 23, 2017 07:08 UTC

Mais pedras no caminho

Até poucos dias atrás, no “longínquo” 2016, todos os sinais emitidos sobre o novo ano do governo Temer convergiam para o seguinte rumo: foco total na economia. O começo de 2017, porém, supera o roteiro de qualquer “filme catástrofe” e põe pelo menos mais duas pedras no caminho da estratégia do governo Temer. A interminável guerra de facções em penitenciárias no Norte/Nordeste expõe o tamanho e a profundidade da crise prisional no País. O roteiro a ser seguido para enfrentá-las é que parece mais complicado, num momento como esse, com o governo obrigado a entrar de cabeça em várias batalhas inesperadas. Mas a impaciência agora é de outra ordem e com alcance bem mais amplo.

January 23, 2017 07:08 UTC

Programa 'Tá no Ar' volta para 4ª temporada mais crítico e musical

RIO - Caetano Veloso está sentado em uma cadeira de vime, com os caracóis dos cabelos desgrenhados, cantando Qualquer Coisa. O humor com viés crítico do time de roteiristas do Tá No Ar, liderado por Marcius Melhem e Marcelo Adnet, é um dos grandes trunfos do programa. Então, eles se sentem junto com a gente com a piada”, afirma Daniela Ocampo, uma das roteiristas do programa. E com a mesma liberdade com que o programa nasceu. Óbvio que depois que a Globo banca um programa com esse nível de acidez, de liberdade, e isso dá certo, fica mais fácil.

January 23, 2017 07:04 UTC

Promotor pede sistema intermediário entre cela comum e cárcere duro

Ele defende, por exemplo, um sistema intermediário entre o cárcere comum e o mais rigoroso, que é o Regime Disciplinar Diferenciado (RDD). “No Brasil, temos a permissão de visita íntima, que não está prevista na lei. Então, essa comunicação, que antes era diária pelo celular, teve interrupção de uma semana, até o dia da visita”, afirma. Nas ruas praticamente não tem integrante do CV em São Paulo. Então, a chance de essa matança vir para São Paulo é menor”, afirma.

January 23, 2017 07:04 UTC

Policiais do Deic vão investigar grupos de pichadores

O crime, que é na verdade um delito ambiental, virou alvo de uma “cruzada” capitaneada pelo prefeito João Doria (PSDB). Segundo Sobrane, o trabalho do Deic será identificar os locais em que os pichadores se reúnem para depois organizar ações de repressão à prática. Para o cientista político e professor da USP Leandro Piquet, mapear grupos que se dedicam à atividade é uma estratégia de prevenção importante ao antecipar o comportamento dos pichadores. É um problema que não para.”Arte ou transgressão. Em uma reunião de pichadores na última quinta, um grupo recebeu com desdém a notícia de que eram alvo da Polícia Civil.

January 23, 2017 07:04 UTC

Só 23 prisões de SP têm bloqueador de celular

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) afirma que prioriza os presídios em que estão líderes do crime organizado e que planeja ampliar esse número para 46 ainda neste ano. O sistema causa uma interferência por meio de ondas eletromagnéticas que impedem a chegada do sinal dos telefones móveis. Profissionais com experiência em trabalhos no sistema carcerário afirmam que o número de presídios com bloqueador de sinal no Estado é insuficiente. “Estamos debatendo o uso de bloqueador sem a estruturação mínima que devemos ter, com presídios superlotados. “Em todos os presídios com bloqueador há apreensão de celular.

January 23, 2017 07:04 UTC

Governo de SP quer dobrar número de bloqueadores de celular em presídios

SÃO PAULO - O governo de São Paulo planeja dobrar de 23 para 46 o número de penitenciárias do Estado equipadas com bloqueador de celular ainda neste ano. Além dessas três penitenciárias, o governo mantém bloqueadores em seis Centros de Detenção Provisória (CDPs), reservados para abrigar presos que aguardam julgamento. Das 23 unidades prisionais com bloqueador de celular, cinco estão na Grande São Paulo – três na capital e duas em Guarulhos. O litoral tem duas unidades bloqueadas – ambas em São Vicente. Parentes de presos no CDP 1 de Pinheiros, unidade que não tem bloqueador, dizem que é “impossível” entrar com celular ali.

January 23, 2017 07:04 UTC

Versão em espanhol do site da Casa Branca é deletada

A comunicação direta em espanhol foi alimentada durante o mandato de Barack Obama, que teve até um blog nessa língua. Neste fim de semana, o botão “em espanhol” do site oficial da Casa Branca sumiu, não está claro se definitivamente. No dia 31, o presidente americano receberá com o líder mexicano, Enrique Peña Nieto. Peña Nieto já disse que não pagará pela barreira, como quer Trump. O americano não fala espanhol – no qual Obama arranhava algumas palavras – e Peña Nieto foi alvo de brincadeiras de seus conterrâneos quando tentou falar inglês em público.

January 23, 2017 07:03 UTC

Trump em Guantánamo

Em 2007, o então candidato à presidência Barack Obama prometeu que uma das suas primeiras medidas ao tomar posse seria fechar a prisão na base militar americana em Guantánamo, Cuba. Donald Trump terá muitas frustrações como ocorreu com Obama no caso de Guantánamo. O que é paradoxal, já que o novo presidente conta a maioria no Congresso e uma Suprema Corte que lhe é favorável. Trump descobrirá, por exemplo, que algumas das suas iniciativas não contam com a simpatia de seus partidários no Congresso. Mas ao mesmo tempo que pretende construir esse muro, propõe medidas que farão com que mais mexicanos tentem ingressar nos EUA.

January 23, 2017 07:03 UTC



Trending Today






Loading...