Combate ao crack esbarra em falta de verbas e erros de planejamento

Consumo de crack em Higienópolis, no Rio, em 2011, ano em que o programa “Crack, é possível vencer” foi lançado pelo governo federal - Reginaldo Pimenta / Reginaldo Pimenta/4-2-2011SÃO PAULO. O Ministério da Justiça calcula que um a cada quatro veículos comprados não está em condições de uso conforme o planejado. Ao longo da semana, o GLOBO constatou que ainda existem problemas com os ônibus em 12 cidades do país. A prefeitura alega que não recebeu as câmeras,os programas de computador nem o termo de doação. NO RS, PROGRAMA NÃO ESTÁ MAIS EM VIGORNo Rio Grande do Sul, a Secretaria estadual de Justiça e Direitos Humanos afirma que o programa “não está mais em vigor”, e que não chegou a ser “totalmente implementado” em Porto Alegre.

February 26, 2017 07:30 UTC

Crise e troca de governo ajudaram a emperrar combate ao crack

Segundo Xavier, alguns avanços haviam sido conquistados:— O programa também fez com que vários entes municipais e estaduais começassem a se articular. O problema é que se faz um uso político disso e, quando troca o governo, não se dá continuidade a políticas que vinham sendo bem sucedidas. E um programa como esse é como dar Buscopan para um paciente que está com pneumonia — diz Ziulkoski. FALTA DE REPASSES A MUNICÍPIOSZiulkoski também critica o baixo número de cidades que puderam aderir ao programa federal. Só 121 cidades puderam fazer convênio com o “Crack, é possível vencer”.

February 26, 2017 07:30 UTC

País ganhará mais 12 ‘outlets’ até 2019

Neste ano, caso as previsões se confirmem, o valor das vendas destes empreendimentos deve aumentar 40,6%, para R$ 4,5 bilhões. A previsão é que, até 2019, outros 12 sejam inaugurados, com investimentos que somam cerca de R$ 500 milhões. Para Jereissati, os outlets não concorrem com os shoppings, são empreendimentos complementares. Na comparação com os shoppings, o faturamento dos outlets ainda pode ser considerado pequeno. Anterior Em carta a acionistas, Warren Buffett alfineta Trump sobre imigrantes Próxima País ganhará mais 12 ‘outlets’ até 2019Newsletter As principais notícias do dia no seu e-mail.

February 26, 2017 07:30 UTC

Joaçaba: desfile da Acadêmicos do Grande Vale tem tom ecológico e celebra o planeta água

Caçula do carnaval de Joaçaba, a Acadêmicos do Grande Vale abriu o desfile das escolas de samba no meio-oeste catarinense com o enredo O Planeta água em nossas mãos. As baianas chegaram mostrando os encantos da floresta, em fantasias coloridas em que foi recriada uma floresta, com orquídeas, aves e plantas. Ala das baianas Foto: Betina Humeres / Agência RBSA escola também mostrou o lado sombrio da modernização e da ganância, e as conseqüências da poluição. Foi criada para ser mais que um agremiação, mas também uma escola de artes. A beleza da porta-bandeira Foto: Betina Humeres / Agência RBSO samba foi escrito por Gustavo Busseti e Jorge Zamoner, que também assina como carnavalesco da escola e que era a figura mais animada de todo o desfile.

February 26, 2017 07:18 UTC

Meryl Streep e Karl Lagerfeld trocam farpas por causa de vestido para o Oscar

A atriz Meryl Streep acusou, no sábado, 25, de o estilista Karl Lagerfeld ter intenção de estragar sua noite na cerimônia de premiação do Oscar, neste domingo, 26. Segundo ele, a atriz teria adorado um modelo cinza e até pedira para diminuir o decote. Meryl, no entanto, teria mudado de ideia, segundo Lagerfeld, porque seus assessores teriam encontrado um estilista que pagaria a atriz para usar o seu modelo. Meryl, que concorre por Florence: Quem É Essa Mulher?, sua 20ª indicação ao Oscar, desmentiu a história, além de afirmar que considera antiético qualquer atriz receber dinheiro para usar um vestido em tapetes vermelhos. “Karl Lagerfeld, um proeminente estilista, me difamou, e também a minha estilista e ao ilustre designer cujo vestido decidi usar”, disse ela ao E!

February 26, 2017 06:45 UTC



Tempos muito esquisitos

O País vive tempos muito esquisitos. Nesses tempos esquisitos, tipos como o deputado Ramalho deixam escancarado que o destino do País lhes é irrelevante. A única coisa que interessa é o atendimento das suas exigências, naquilo que em bom português política não é, e sim chantagem explícita. Reforçava essa percepção a acusação de que Serraglio é apadrinhado do deputado cassado Eduardo Cunha, outro interessado em melar a Lava Jato. Em tempos de “pós-verdade” e de “fatos alternativos”, as convicções ganharam mais valor do que a realidade.

February 26, 2017 06:11 UTC

Escola de samba de Palhoça conta história da criação do mundo a partir da visão dos índios guaranis

Outro ponto alto foi caracterizado pela participação de pessoas com deficiência em uma das aulas - o que foi aplaudido pelos foliões nas arquibancadas e camarotes. Em uma das tentativas de empurrar o carro alegórico, até o presidente Márcio José Schitz precisou intervir. Ele permaneceu otimista em uma avaliação prévia no meio do desfile:— Acreditamos em uma boa apresentação, porque trabalhamos muito para isso — frisou. A primeira-princesa, Mayara Costa, mostrou-se otimista no momento em que cruzou o portão da dispersão:— Demos o nosso melhor. Não vi as outras, mas estou muito confiante com o meu desempenho e da minha escola — disse ao final.

February 26, 2017 06:11 UTC

A sobrevivência da USP

Além de ser mantida com base num porcentual fixo da receita de ICMS, a USP recebe recursos de agências de fomento à pesquisa, como o CNPq, a Fapesp e a Capes. Conta, ainda, com as chamadas fundações de apoio, que se utilizam dos professores, dos servidores técnicos e das instalações da instituição para a formação de parcerias com a iniciativa privada, para consultoria e transferência de tecnologia. A proposta que será apreciada pelo Conselho Universitário prevê, para os próximos cinco anos, um teto de gastos com pessoal de 80%. “Nenhuma entidade pode viver com quase 100% de seu orçamento consumido por salários”, diz o professor Adalberto Fischmann, presidente da Comissão de Orçamento e Patrimônio da USP. Essas entidades sindicais se comportam como se uma universidade pública devesse servir aos interesses corporativos de seu funcionalismo e não aos interesses maiores da sociedade.

February 26, 2017 06:00 UTC

'Fuja da Folia': Domingo tem show de Zélia Duncan e peça sobre Freud e Dalí

PublicidadeÚltima chance de ver a história do improvável relacionamento entre Salvador Dalí e Sigmund Freud. Essa amizade real é o tema da peça "Histeria", dirigida por Jô Soares, cuja última exibição no Teatro Shopping Frei Caneca (r. Frei Caneca, 569; tel 3472-2229) é neste domingo (9). Vividas por Cássio Scapin (Dalí) e Pedro Paulo Rangel (Freud), as duas figuras históricas se encontram em uma trama delirante. A peça é às 19h, e os ingressos (R$ 80) podem ser adquiridos on-line (ingressorapido.com.br). Os ingressos, a partir de R$ 18, são vendidos on-line (sescsp.org.br).

February 26, 2017 05:52 UTC

Porta-bandeira da Unidos de Padre Miguel sofre queda durante apresentação

Porta-bandeira foi retirada de maca da avenida - Reprodução/TV GloboRIO — Durante o desfile da Unidos de Padre Miguel, quinta escola a passar pela Marquês de Sapucaí no segundo dia de desfiles, a porta-bandeira do primeiro casal sofreu uma queda durante a apresentação. O mestre-sala pegou a bandeira e seguiu sozinho até que, em seguida, a segunda porta-bandeira da escola da Zona Oeste, Cassia Maria, assumiu a posição e começou a bailar ao lado dele. A passagem da Unidos de Padre Miguel precisou parar momentaneamente. Assim que a segunda porta-bandeira assumiu o posto, os integrantes da escola continuaram a desfilar. A porta-bandeira Jéssica é carregada ao deixar o hospital - Gabriela Ferreira / DivulgaçãoA porta-bandeira da Unidos de Padre Miguel, Jéssica Ferreira, teve alta na manhã deste domingo do Hospital Souza Aguiar.

February 26, 2017 05:41 UTC

Buscando o bicampeonato, Império de Casa Verde leva a 'Paz' para a avenida

SÃO PAULO - Atual campeã do carnaval de São Paulo, Império da Casa Verde entrou na avenida a 1 hora da madrugada deste domingo, 26. Com o tema "Paz", chamou atenção o luxo dos carros alegóricos, destacado pelas cores azul, verde e branca. Os primeiros minutos da escola na passarela do samba foram de admiração e êxtase por parte do público. Já no terceiro, a escola fez uma exaltação à natureza: Medusa à frente, seres místicos e galhos de árvore enroscados. Uma escultura da pomba da paz simbolizou o tema da escola.

February 26, 2017 05:37 UTC

Proposta interditada

Essa proposta é baseada em um recente texto de John Cochrane, que analisa os possíveis impactos da política monetária quando a taxa de juros está próxima de zero. Samuel Pessôa e eu discordamos dessa proposta em artigo no "Valor". Segundo Cochrane, as circunstâncias recomendam "uma política fiscal sólida como uma rocha", e com isso André Lara, Samuel Pessôa e eu concordamos. Suas conferências científicas atraíram militares e diplomatas, suas mulheres e filhos, fascinados pela reputação do gênio, ainda que não entendessem muito bem o porquê. Outros, porém, a defenderam na imprensa com argumentos em que sobram adjetivos na ausência de evidências.

February 26, 2017 05:06 UTC

Amo carnaval!

Amo o carnaval. Uma vez, na mágica Olinda, um guia me disse que as casas alugadas no carnaval eram tomadas por blocos ao amanhecer. Amo o carnaval. Afinal, o que ama em uma festa alguém que acaba de dizer que não gosta de quase nada dela? Amo este domingo mais livre, com a cidade quase despovoada, com uma paz intensa que permite ler seu Estadão em papel ou na tela com uma tranquilidade distinta do usual.

February 26, 2017 05:03 UTC

O mito Tiradentes e o homem Joaquim

Não existe história mais recoberta de ferrugem verde-amarela, depositada em tantas décadas de reiteração escolar e oficial, que a de Tiradentes. Em seu livro sobre o personagem ("Tiradentes: O Corpo do Herói", Martins Fontes), a historiadora Maria Alice Milliet demonstra como sua mitologia foi elaborada pelo movimento republicano a partir da década de 1870. A iconografia republicana logo começa a retratar um Tiradentes sacrificial, de sudário e longas barbas. Desde o pintor Pedro Américo, passando por artistas e poetas como Candido Portinari, Cecília Meireles e Renina Katz, Tiradentes sempre teria um quê de Cristo. Alferes é subtenente; parte da fama de Tiradentes o associa à sombra dos militares sobre a política brasileira ao longo do século passado.

February 26, 2017 05:03 UTC

No clássico contra o Palmeiras, deu para perceber coragem em Carille

Em começo de carreira, com um Corinthians e Palmeiras pela frente, seria de se apostar na formação mais experiente e segura. Que, por sinal, ao contrário, deu a sensação de não saber que jogo estava em jogo e deu mole ao imaginar que com um a mais venceria no segundo tempo naturalmente, sem forçar. Os três pontos em disputa pelo Paulistinha nada significam, nem o resultado como projeção para o ano. Mas o clássico vale por si mesmo, é o de maior rivalidade em São Paulo, como mostrou o Datafolha. Enfim, vivemos mais um Dérbi para fazer história, dos que dão pano para manga dias após terminar.

February 26, 2017 05:01 UTC



Trending Today






Loading...